FORMAÇÃO em MONTANHISMO - Nível 2

Melhorar o conhecimento e competência dos montanhistas
2019-03-13 - 2019-03-24
ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS

Tudo sobre esta Formação AQUI 
Chamamos montanhismo a uma actividade com muitas facetas; orientação, escalada, campismo, entre outras, são actividades a que todo o montanhista se dedica com maior ou menor frequência.
Esta acção de formação pretende melhorar o conhecimento e competência dos montanhistas nas diferentes disciplinas do montanhismo.
O objectivo do curso é capacitar os participantes para a prática em autonomia de montanhismo em média montanha e alta montanha de grau PD (pouco difícil), incluindo marcha em neve fácil e passagens de rocha com dificuldade de grau III.                Será dada maior atenção aos aspectos mais técnicos do montanhismo, como a orientação, a escalada e a progressão em alta montanha.
Esta formação não elimina a necessidade e/ou o interesse na formação específica em disciplinas como a orientação ou a escalada desportiva; os alunos aprovados no presente curso não devem considerar-se especialistas nessas ou outras disciplians relacionadas com o montanhismo.
Certificado de Competência em Montanhismo - Nível 2
Os participantes serão classificados com base num sistema de créditos de formação atribuídos da seguinte forma:
- Sessões teorico-práticas: 100 créditos;
- Curso anterior de iniciação ao montanhismo (Montanhismo N1) ou experiência (conforme lista de actividades realizadas): 80 a 90 créditos;
- Actividades de montanha integradas no programa do GDAMO: nº créditos variável.
O nº de créditos de formação atribuído pelas saídas em montanha é indicado no programa de actividades do GDAMO.

A participação em uma a três actividades, à escolha do aluno, será suficiente para completar o curso; os créditos das saídas não substituem os das outras componentes formativas.
O Certificado de Competência em Montanhismo - Nível 2, será atribuído aos participantes que obtenham o total de 200 créditos.

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO NO CURSO
Esta formação dirige-se a praticantes de montanhismo com alguma experiência. A frequência anterior de um curso de iniciação ao montanhismo é recomendável; mas uma lista de actividades de montanha já realizadas pode igualmente atestar a experiência do participante.
Cada aluno deverá possuir saco-cama, colchão, botas de montanhismo e roupa para chuva.
(Será necessário o uso de tenda, a partilhar pelos participantes.).

Cada participante é responsável por não apresentar contra-indicações médicas à prática de montanhismo. As limitações físicas que não sejam absolutamente impeditivas da frequência do curso serão bem aceites e tidas em conta pelo grupo de participantes.

A idade mínima de participação é 16 anos; aos menores é requerida autorização do encarregado de educação.

PROGRAMA DAS SESSÕES TEÓRICO-PRÁTICAS
O curso é composto de 4 sessões de um dia (dois fins de semana) e duas sessões com 2H30 cada, que decorrerão em dias de semana:

13 Março, Quarta. Sede do CAAL.
20H30/22H30: Progressão e Segurança em montanha
Equipamento e material para progressão.
Resgate e auto-resgate

16 Março, Sábado. Serra da Arrábida (acampamento no parque campismo de Picheleiros).
09H00/18H00: Escalada em rocha
Prática de escalada clássica. Reuniões e manobras de corda.
Resgate e auto-resgate. Bivaques.
17 Março, Domingo. Serra da Arrábida.
09H00/18H00: Terrenos de montanha
Progressão em terreno montanhoso.
Equipamento de vias e percursos.
20 Março, Quarta  Sede do CAAL
20H30/21H30: Condução de actividades
Planeamento de actividades. Expedições.
Condução e Liderança,
Conservação do ambiente de montanha.
21H30/22H30: Primeiros socorros
23 Março, Sábado. Serra da Estrela (pernoita em abrigo ou pousada)
09H00/17H00: Terrenos de montanha
Progressão em alta montanha (eventualmente com neve e gelo).
17H00: Segurança e Ética
Aspectos médicos. Prevenção de acidentes e socorro básico.
Abrigos de montanha. Aspectos ambientais.
24 Março, Domingo. Serra da Estrela.
09H00/17H00: Terrenos de montanha.
Notas ao programa:
Fevereiro é uma época do ano em que as condições atmosféricas podem não ser amenas, o que serve bem aos objectivos do curso; no entanto, o mau tempo poderá obrigar a alterar o calendário das sessões do curso.
Se não fôr possível realizar as sessões do curso nas datas previstas no programa, os alunos que não puderem participar nas datas alternativas serão reembolsados do valor da inscrição correspondente a essa sessão.
Uma actividade complementar do curso poderá realizar-se no fim de semana do Carnaval (5 Março), em Espanha. Esta actividade não é obrigatória mas de grande interesse no caso de não ocorrerem na Serra da Estrela as condições de neve adequadas à prática da progressão em alta montanha.

O valor da inscrição inclui o seguro obrigatório, a documentação e a utilização do material específico de escalada/alpinismo que será fornecido pelo clube (não se impede o uso de material próprio por quem o tiver).
Não estão incluidos os custos com deslocações e estadias nos locais do curso; estes custos são partilhados quando possível (viaturas) e não são significativos, podendo ser considerados no orçamento um ou dois jantares de grupo.
No caso de não ser de todo possível realizar as sessões do curso nas datas previstas no programa (incluindo a de reserva), os alunos que não puderem participar nas datas alternativas serão reembolsados do valor da inscrição correspondente a essa sessão.
Outras informações
Esclarecimentos adicionais podem ser pedidos ao CAAL por e-mail ou telefone no horário de expediente do clube.

Preços:
Nível 2 - 115€