Mação

Serras da Beira Baixa II

“A oeste da Gardunha”
2017-10-21 (Sábado)
Começamos na Foz do Giraldo e acabamos em Ribeira de Eiras,
num percurso em que se tem a sensação de navegar de drone. Estamos na mais elevada serra da Beira Baixa (depois da Estrela e Gardunha). Apesar de se estender por uns vinte quilómetros entre as serras da Gardunha e da Pedragueira, o povo não lhe deu nome, que se fixasse nos mapas. Mas o ponto mais alto (Zibreiro – 1097m), um autêntico vulcão, bem podia denominar a serra (A subida ao cimo é facultativa).

Pelo rio Zêzere acima

Mirando o Zêzere entre a Zaboeira e Fernandaires, pela margem em tons de Outono
2010-10-23 (Sábado)

Mais uma bela actividade num belíssimo local.
Parabéns - Isaura Tavares

####


SERRA DO BANDO

1998-11-22 (Domingo)

Os concelhos do centro de Portugal continuam a ser uma área atractiva para os caminheiros do CAAL. Bem próximo da Melriça (V. Rei), os pinhais, principal recurso económico da área, continuam a servir de palco às nossas actividades. Vale a pena participar para descobrir as Serras de Santos e do Bando (Chão de Cotes). As vistas panorâmicas alargam-se pelo centro de Portugal e norte Alentejano. Participe e
descobre para além da montanha, as ribeiras, nomeadamente a de Eiras comos seus moinhos abandonados.


ENVENDOS

1997-10-11 (Sábado)

Esta actividade leva-nos a uma zona onde, em termos de paisagem se interpenetram as caracteristicas das 3 regiões que a circundam: Alentejo, Ribatejo e Beira, embora com uma influência mais marcada da Beira.
O percurso terá inicio na aldeia Galega e conduz-nos imediatamente às cumeadas sobranceiras à ribeira da Pracana.
Passamos perto da nascente das águas termais da Ladeira de Envendos e voltamos a subir para a Serra da Amieirosa. Na parte final do passeio iremos contornar a Serra da Moita da Asna e seguimos pela Zimbreira em direcção a Envendos.