ATENÇÃO - Do Freixo ao Canal - Nova Data!

Pelos Montados da Serra d´Ossa
2008-05-03 (Sábado)

Mais uma actividade belíssima que os nossos Amigos alentejanos nos ofereceram! Aqui podem ver a reportagem do companheiro Manuel Madeira

Preparada com carinho e esmero, eles levaram-nos por caminhos e veredas, entre flores e azinheiras, com sombra e água... sem esquecer o belo jantar! Obrigado João, Carapinha e Ilídio.
Os nossos amigos alentejanos, organizadores da actividade programada para o próximo sábado, “Do Freixo ao Canal”, face às condições meteorológicas previstas para a região, desaconselham vivamente a sua realização, tendo em vista o conforto e a segurança dos participantes.
 
Entendemos que uma actividade tão bonita como esta seria muito prejudicada pela chuva e trovoadas previstas. 
Por sugestão dos Companheiros organizadores fica esta actividade adiada para o próximo dia 3 de Maio, sábado. Sendo o mail a única via possível para a divulgação da nova data, por favor informem os vossos Amigos desta alteração.  
Saudações Montanheiras 
A Direcção

O Alentejo mostrado pelos alentejanos...como só eles o sabem fazer!


Começaremos na aldeia do Freixo para chegarmos, cerca de 8 horas e 20km depois, à Igreja do Canal, caminhando pela vertente sudoeste da serra das 365 fontes.  

No início espera-nos um percurso relativamente plano com povoamento de azinheiras e sobreiros com idades diferenciadas. Passando pelo Colmeeiro, um monte agrícola em decadência, inflectimos à esquerda, com a Serra D´Ossa a norte, na direcção do Pinhal dos Godinhos, área de pinhal que foi fortemente fustigada pelo incêndio de Agosto de 2006.  

Nesta zona, se o tempo estiver de feição e os animais forem nossos amigos, poderão aparecer gamos e javalis.  

Passamos de seguida pela várzea de Pêro Crespo para darmos início à subida da serra, por entre mato de estevas e espécies únicas que povoam esta zona, desde a gilbardeira à orvalho-do-sol (planta insectívora), entre outras.  

Chegados ao miradouro das abelhas, em pleno pinhal, faremos uma paragem para a “bucha”.  

Depois de enrolarmos o farnel, visitaremos a Pia do Lobo e um Eremitério, com a sua fonte, escavado numa rocha.  

Os amadores da fotografia, que usem e abusem do Alentejo!  

Vê-se, para Sul, até à Serra do Mendro (Portel) e, para Norte, até à Serra de S. Mamede (Portalegre).  

Recomeçamos na direcção da Fonte da Bicha (donde saía a água dos famosos pirolitos da fábrica do BOTAS, em Redondo; provavelmente alguns dos participantes ainda jogaram com “berlindes”  destes afamados refrigerantes).  

Teremos oportunidade de ver e apreciar a formosura da rosa albardeira, num dos poucos locais onde ainda se encontra. Para Norte a vista é deslumbrante, em especial pelo efeito do serpentear dos estradões dos madeireiros que, recentemente, limparam de eucaliptos grande parte desta zona.  

(Quem não participar neste passeio só terá nova oportunidade para se deslumbrar com esta vista lá para 2040…)

Regressando ao montado pelos ribeiros das Cortes, seguiremos por veredas do gado caprino, subimos a um monte altaneiro para descermos para a ribeira da Água Santa e seguirmos na direcção da Igreja do Canal, onde terminaremos o passeio.  

ATENÇÃO: A paragem seguinte será para aqueles companheiros que apreciam a boa comida, a boa pinga e o bom ambiente, que só nós, os alentejanos, sabemos oferecer.   

O repasto será servido numa adega tipicamente alentejana, num ambiente de encanto e sossego, rodeado de vinhedos em pleno coração do Alentejo 

A ementa, servida num salão nobre, com pratos típicos, como sejam, o chouriço de porco preto, o pão da Confraria do Pão, queijos, creme de coentros, lombo recheado com farinheira, doce conventual mel e noz e vinhos do Monte das Servas, seguramente irá ao encontro dos apetites mais exigentes.  

E para todos bailarem e cantarem, teremos a nossa sessão habitual de canto alentejano até às tantas.

Características do Percurso: Caminhos sem grandes dificuldades, com excepção dos acessos aos miradouros na Serra d´Ossa 

Recomendações:  Usar vestuário e calçado confortáveis e ir preparado para o sol. Levar farnel e água.

Cartografia:  Folha 439 da Carta Militar de Portugal na escala 1/25000 do I.G.E.

 Partida: Às 7h00 de Algés e às 7h15 de Sete Rios.

 Participação em viatura própria: Inscrições limitadas.Concentração às 9h00, em Évora, no Rossio, em frente ao Hotel D.Fernando, onde tomarão lugar no autocarro do Clube. Retomam as viaturas, no fim do jantar, em Évora. 

O preço inclui o repasto servido numa adega tipicamente alentejana

 

Menu Aragonês

Entradas

Queijo, Chouriço de Porco Preto, Pão da Confraria do Pão                 

Pratos Quentes

Creme de Coentros, Lombo Recheado com Farinheira                             

Doce

Doce Conventual Mel e Noz  

Vinhos da Herdade

Monte das Servas Escolha Branco

Monte das Servas Escolha Tinto 

 


Preços:
Autocarro 53,00 € / Men. de 21 anos 35 €
Preços:
Viatura própria 44,00 € / Men. de 21 anos 33€
Preços:
(Atenção: As crianças até aos 8 anos terão uma redução de 13,50€)