Rota de Santa Clara- a -Velha

Rota Vicentina Interior
2019-04-14 (Domingo)



Na pacata aldeia Santa Clara-a-Velha vive-se a pureza da mística Alentejana!

É ela que dá o nome à Barragem, o grande lago inesperado da imensa serra do vasto concelho de Odemira.  

A nossa actividade decorrerá na rota circular entre a aldeia e a Barragem de Santa Clara-a-Velha, em que na primeira parte teremos a ribeira - nome localmente dado ao rio Mira - como companhia, e na qual observaremos a vegetação ribeirinha autóctone. Os agriões e o poejo atapetam os troços menos profundos do rio fora da época das cheias e os remansos mais profundos estão cobertos por nenúfares. Nos terrenos mais férteis, junto ao rio, há hortas e pomares de laranjeiras, figueiras e oliveiras, plenas de vida pela presença de inúmeras espécies de aves que povoam estes excelentes ‘habitats’.

 

No ponto mais alto deste percurso encontramos a Barragem de Santa Clara. Envolvida numa deslumbrante paisagem serrana, o espelho de água de Santa Clara é um dos mais fortes pontos de interesse turístico do interior do concelho de Odemira.

Construída durante o Estado Novo, a albufeira cobre uma área de 1986ha, sendo considerada uma das maiores da Europa. Alimentada pelo rio Mira, a partir de Santa Clara a água percorre 84,9km de canais, 50,4km de distribuidores e 309,6km de regadeiras.  

 

Um passeio por este lago gigante permite observar os seus inúmeros recantos e ilhéus, quase sempre com uma paisagem de floresta como envolvência.  Do paredão ou do cimo do cerro, a grandiosidade da barragem impressiona.  Nas suas águas pode-se praticar canoagem, remo ou pesca desportiva, sendo que ali abundam o achigã, o pimpão e o lagostim.  

De regresso a Santa Clara é obrigatória a visita à fonte do Azinhal, datada de 1892 e restaurada em 1995. É um óptimo local para piqueniques e a água é de excelente qualidade.

 

A presença constante da água e as vistas desafogadas sobre um Alentejo montanhoso dão ainda mais brilho a uma actividade que nos levará a desfrutar da tranquilidade e da ruralidade deste circuito da Rota Vicentina Interior.

 

Características do percurso: 10km de dificuldade média.

 

Partida:  Às 8h00 de Entrecampos. Chegada prevista para as 20h00.

Participação em viatura própria: Concentração às 11h00 junto à igreja da aldeia de Santa Clara-a-Velha.


O preço inclui o transporte, o seguro, a informação e o mapa, assim como um lanche especial no Hotel Pousada de Santa Clara-a-Velha.


Preços:
Autocarro 38,50€ Jovens 19,00€
Preços:
Viatura própria 21,00€ Jovens 15,00€