34º Aniversário do CAAL

Nas meridionais e ocidentais praias, passando pelos 7 Vales Suspensos
2019-09-21 - 2019-09-22 (Sábado - Domingo)


Há muito que o Aniversário não era no Algarve.

O último, em 1997 em Sagres, foi o culminar da saga Sines/Lagos, iniciada em 91. Era tudo muito diferente... o estatuto dos terrenos percorridos era o de ‘Área de Paisagem Protegida’, hoje é o de ‘Parque Natural’. Mas as diferenças não se ficam por aí. Num misto de nostalgia e deslumbramento, vamos descobri-las.

É o Algarve formado por três faixas: Serra, Barrocal e Litoral.

Atualmente a auto-estrada atravessa a Serra num instante, mas a beleza da paisagem e a graciosidade do traçado mereciam uma marcha mais lenta.

Fazemos isso ao abandoná-la e ao entrarmos no Barrocal, mas eis que chegados ao Purgatório  (aldeia a 1km de Paderne), o passo nos é travado.

Se queremos atingir o Céu  (o Litoral), teremos de conquistar o muçulmano e ‘infiel’ castelo de Paderne. E o assalto vale a pena, pois é único. Construído na arquitetura militar árabe, em taipa e com a sua cor avermelhada,  lembra-nos as kasbah de Marrocos.

A vegetação maquis da envolvente ribeira da Quarteira, também é interessante.

A seguir é o Céu, em todos os sentidos. Lembram-se daquela imagem do Algarve pré-turismo, nos anos 50? Do postal da Praia da Rocha? É quase isso, só que durante 6km.

Os prémios e adjetivos para os 7 Vales Suspensos são tantos (passa por escarpas, praias, dunas, passadiços e por uma das grutas mais bonitas do mundo), que até cansa, de tanta beleza... O segredo está na luta do mar com os arenitos e calcários margosos, que só existe nas meridionais praias, no concelho da Lagoa.

Agucem o ‘apetite’ para a caminhada em:

Sete Vales Suspensos de Lagoa eleitos Melhor Destino para Caminhadas da Europa

Ranking promovido pela European Best Destinations, que contou com a votação de mais de 28 mil viajantes de 153 países

Domingo é o contacto com um troço feito há vinte anos, só que no sentido sul-norte. Estamos na Costa Vicentina, próximo do sacro promontório. Falésias que imaginávamos derrubadas só estão um pouco mais velhas. O tempo geológico é outro.

E, a propósito de geologia, vamos ver o famoso grés de Silves que é composto de argila e arenitos avermelhados, fazendo a separação das Eras Secundária e Primária. O castelo de Silves foi revestido com esta rocha. A Praia do Telheiro é um excelente exemplo do seu afloramento, o mesmo acontecendo na Ponta Ruiva e Praia da Ponta Ruiva, onde inúmeros surfistas nos fazem lembrar alfaiates.

No final, o esplendor na areia das ocidentais praias do Castelejo e Cordoama.

Características dos percursos:

Sábado - 1º troço - Percurso circular de 5,7km, com início na Fonte de Paderne, ao longo das duas margens da ribeira da Quarteira num troço plano, escondido pela vegetação mediterrânica. São cerca de 2h30, e a meio há a ‘dificuldade’ da subida (40m) ao castelo de Paderne.

Sábado - 2º troço - Percurso dos 7 Vales Suspensos (linear de 5,6km com início no Vale de Centeanes, Carvoeiro, e final a oriente na Praia da Marinha). Como vamos atravessar 7 Vales Suspensos, serão sete subidas e descidas, mas sem qualquer dificuldade  (o mais profundo tem 30m de desnível). Atenção ao piso, se estiver escorregadio, e aos apressados turistas japoneses.

Os companheiros que não quiserem fazer os percursos pedestres têm como alternativa a visita a Paderne (1º troço) e o desfrutar da praia e cercanias do Vale de Centeanes (2º troço), sendo transportado no autocarro.

Final lá para as 17h30. Nessa altura vamos de autocarro para a Pousada para nos ‘pormos bonitos’ para o nosso jantar de Aniversário, que vai ser no Restaurante Mar e Sol na Praia da Rocha, ali mesmo à beira da praia…

E, para que a festa seja inesquecível, vamos ter o mestre das danças europeias, bem conhecido de muitos dos nossos sócios, para pôr todos a dançar até nos ‘porem na rua’…

Domingo - Percurso linear entre o Forte de Beliche  (EN268) e a Praia da Cordoama  (13,5km depois), em cerca de 6 horas. Não nos devemos afastar dos trilhos marcados (estamos num Parque Natural) e o percurso é sempre plano, exceto a descida (125m) para o final.

Os companheiros que não quiserem fazer o percurso pedestre poderão usufruir da estadia em Portimão, ou da área Sagres - Beliche - Cabo de S. Vicente.

Recomendações:  Farnel para os 2 dias (há possibilidade de restaurante no almoço de sábado), água, proteção para o sol (por exemplo um guarda-chuva, que neste caso será guarda-sol… e protetor solar), bastão e equipamento de praia.

Cartografia:  Folhas 596,601,604 e 609 da Carta Militar de Portugal na escala 1/25000 do IGE.

Alojamento:  Na Pousada de Juventude de Portimão  (levar toalha), em quartos de 4 camas. Pequeno almoço de domingo na Pousada.

Alojamento alternativo por conta dos interessados.

Partida:  Sábado, às 7h00 de Entrecampos. A chegada está prevista para as 21h45 de domingo.

Participação em viatura própria:

Para fazer o 1º troço - Concentração às 10h00, a 500m de Paderne (para quem vem de norte pela EN270) na povoação do Purgatório,  nas imediações do Restaurante Zip Zip.

Para fazer o 2º troço - Às 13h30 no parque de merendas da praia do Vale de Centeanes (Carvoeiro).

Para quem for só jantar - Às 19h15 na Pousada de Juventude de Portimão  (Rua Pousada de Juventude, 8500 - 423 Portimão).

 

Autocarro                  105,00€                         Jovens           60,00

Viatura própria         75,00€                     Jovens          54,00€

Só jantar                    30,00€ (adulto)

 

O preço inclui o transporte em autocarro, o alojamento em quartos quádruplos na Pousada de Juventude, com pequeno almoço, o seguro, a informação e mapas, o jantar de Aniversário e a animação.

Plano de pagamentos: O pagamento poderá ser feito faseado em três mensalidades(julho, agosto e setembro).

As inscrições para esta atividade devem ser realizadas quanto antes, uma vez que temos de garantir os compromissos que assumimos com as diversas entidades.

É imprescindível a inscrição no Clube.