GDAMO: Actividades e Funcionamento

O funcionamento do GDAMO é simples, são feitas duas reuniões semestrais para desenhar o calendário anual e na semana anterior à realização das actividades os companheiros interessados em participar reunem-se na sede do clube (às 21:30). Estas reuniões preparatórias servem para definir o trajecto, distribuir tarefas, organizar material, etc.

As actividades do GDAMO são realizadas em autonomia total, quer isto dizer, normalmente não existe apoio exterior ao grupo durante toda a actividade. Por norma, são no mínimo de dois dias, e têm custos reduzidos (2 euros de inscrição, podendo ser acrescidos de custos com o seguro), estando as restantes despesas a cargo dos participantes.

As actividades requerem alguma preparação física e técnica para a prática de montanhismo (variável, em função das características de cada actividade), sendo indispensável a comparência dos interessados nas reuniões preparatórias. À semelhança das actividades de treking do clube nós também temos uma classificação de grau de dificuldade.

Método de classificação das nossas actividades:

  • 1 PIOLET - Actividade com desníveis acentuados sem nehuma técnica especial de progressão e com pernoita em refúgio ou parque de campismo. Dificuldade: baixa
  • 2 PIOLETS - Actividade em total autonomia com desníveis acentuados sem nehuma técnica especial de progressão. Dificuldade: baixa
  • 3 PIOLETS - Actividade em total autonomia com desníveis acentuados. São necessários alguns conhecimentos técnicos de progressão (ex: progressão em crista). Dificuldade: média
  • 4 PIOLETS - Actividade em total autonomia com desníveis acentuados em ambiente de alta montanha, onde são exigidas técnicas de progressão expecífica (ex: escalada em rocha, progressão em terreno nevado). Dificuldade: média/alta
  • 5 PIOLETS - Actividade invernal em total autonomia, com desníveis acentuados em ambiente de alta montanha, onde são exigidas técnicas de progressão específica em neve e gelo. Dificuldade: alta

Por hora não existe número limite de participantes, mas poderá existir se for necessário. A média actual de participação é de 12 companheiros por actividade.

É reservado o direito de limitar a participação de companheiros que, por falta de forma física, ou por falta de conhecimentos técnicos, não se enquadrem nas actividades em que pretendam participar.

O calendário do GDAMO é definido no início do ano e revisto nas reuniões (abertas a todos os sócios) que se realizam ao longo do ano.

Colabora ainda activamente nas acções de formação (de iniciação e avançadas), organizadas pelo Clube.