"O maravilhoso mundo do canto das aves"

Espaço Interpretativo da Lagoa Pequena / Lagoa de Albufeira
2021-11-27 (Sábado)

IMG_0142 DSCF4195 

ESGOTADO 

 

Lindas fotos do Reconhecimento AQUI 




Se há muito que anseia iniciar-se na identificação de aves,

mas não sabe por onde começar, nós damos uma ajuda!

Venha aprender a identificar algumas das espécies de passeriformes mais comuns e presentes numa grande variedade de habitat. Temos muitas dicas e mnemónicas para partilhar consigo e tornar tudo mais fácil.

Esta actividade do CAAL, em parceria com a SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves), terá uma duração de 2 horas.

Na 1ª hora assistir-se-á, ao ar livre, a um workshop para aprender a identificar as espécies mais comuns, pelo canto e aparência.

Na 2ª hora poderá visitar o espaço do Centro Interpretativo. É uma área de aproximadamente 1,3km quadrados que se encontra ve­dada, e que compreende a Lagoa Pequena e o terreno alagado, denominado Lagoa da Estacada, a zona mais sensível do ponto de vista ecológico.

A área de visitação é definida por dois percursos e três observatórios. A grande diversi­dade de habitats e condições de abrigo, alimentação e nidificação para aves aquáticas, residentes e migratórias, são condições que levaram à integração obrigatória deste espaço no roteiro de ‘birdwatching’ em Portugal. 

Mas o dia não termina aqui. Traga o seu piquenique para almoçarmos ainda dentro do espaço vedado do centro interpretativo. A seguir ao almoço, e agora só com o CAAL, partimos para uma volta nas Lagoas Grande e Pequena.

Lagoa de Albufeira

A Lagoa de Albufeira é uma lagoa portuguesa localizada no concelho de Sesimbra, na freguesia do Castelo. A lagoa é alimentada pela água doce das ribeiras da Apostiça, Ferraria e Aiana, e pela água salgada do oceano Atlântico, quando o cordão dunar é aberto oficialmente na primavera.

É constituída por três lagoas: a Grande, a Pequena e a da Estacada. Ao atingir os 15 metros de profundidade máxima, a Lagoa de Albufeira é considerada a mais funda de Portugal. Rodeada por pinhal em quase todo o perímetro, conta com pequenos areais junto do mar e na margem norte. Em plataformas no meio da lagoa existem viveiros de mexilhão.

Esta lagoa, que constitui a maior zona húmida da Península de Setúbal, é uma excelente opção para ver aves a pouca distância de Lisboa.

A parte interior da lagoa, conhecida por Lagoa Pequena, constitui a parte mais interessante em termos de avifauna. A recente construção de alguns observatórios na Lagoa da Estacada veio tornar este local mais interessante para a observação de aves.

 

A Lagoa de Albufeira é um local classificado como sítio Ramsar.

O que é um sítio Ramsar?

Convenção sobre Zonas Húmidas constitui um tratado intergovernamental adotado em 2 de Fevereiro de 1971 na cidade iraniana de Ramsar. Por esse motivo, esta Convenção é geralmente conhecida como ‘Convenção de Ramsar’ e representa o primeiro dos tratados globais sobre conservação.
A Convenção entrou em vigor em 1975 e conta actualmente com 150 países contratantes em todos os continentes. Actualmente foram designados pelas partes contratantes cerca de 1.600 sítios de importância internacional, cobrindo cerca de 134 milhões de hectares de zonas húmidas. Segundo o texto aprovado pela Convenção, zonas húmidas são definidas como ‘zonas de pântano, charco, turfeira ou água, natural ou artificial, permanente ou temporária, com água estagnada ou corrente, doce, salobra ou salgada, incluindo águas marinhas cuja profundidade na maré baixa não exceda os seis metros’.

Portugal ratificou esta Convenção em 1980Em Portugal Continental existem 16 locais classificados como Sítios Ramsar.

A Lagoa de Albufeira integra, desde 1987, a Reserva Ecológica Nacional, sendo uma zona de proteção especial de aves.

Ponto de encontro: Às 9h30 no parque de estacionamento junto à entrada para o centro de visitantesA aproximação é feita pela estrada nacional 377. Junto ao km 29 surge à direita a Lagoa da Estacada, braço interior da Lagoa de Albufeira. Existe estacionamento junto ao centro de visitantes.

Preço: 14,50€ (13,50€ para quem tiver seguro).

O preço inclui a entrada, o workshop, a observação de aves autonomamente, o seguro e o passeio na Lagoa Grande.

Levar binóculos! (Existem binóculos para alugar a 1€/cada).

É imprescindível a inscrição na secretaria do Clube até ao dia 24 de novembro, quarta.

(Esta antecedência deve-se ao facto de se ter de disponibilizar guias para acompanhar os grupos).